Informações Gerais

Informações sobre Pernambuco
Fonte: http://www.pe.gov.br/conheca/turismo/

Do Litoral ao Sertão, Pernambuco é só beleza. É o destino certo para quem procura o melhor das riquezas naturais do Nordeste, com um extenso e apreciado litoral de águas mornas e cristalinas. Os cenários convidativos de praias paradisíacas como Tamandaré e Porto de Galinhas são apenas alguns dos inúmeros atrativos. O estado sobressai, ainda, na magnitude e importância histórica de suas tradições culturais, como os festejos carnavalescos e juninos.

O Litoral com cerca de 187 km de extensão, entre praias e falésias, zonas urbanas e locais praticamente intocados, representa o principal atrativo turístico do Estado. Sem falar no belíssimo Arquipélago de Fernando de Noronha, frequentado por brasileiros e estrangeiros durante todas as épocas do ano.

Ainda na Região Metropolitana do Recife, as atrações são inúmeras. O Recife Antigo, bairro mais tradicional da capital pernambucana, polo cultural e de animação, é ponto de visitação imperdível para o turista. São bares,
restaurantes, boates, feirinha de artesanato, além do marco zero da cidade e da primeira sinagoga das Américas, a Kahal Zur Israel, construída em 1637 por judeus que vieram de Amsterdã para viver no Recife.

O Sítio Histórico de Olinda é uma atração à parte para os sedentos de cultura. Um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos do País, Olinda recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco, e o de primeira capital brasileira da cultura. Os antigos casarios e as charmosas ladeiras contribuem para o charme da cidade, que também é palco de uma das festas mais populares do Brasil: o Carnaval.
Pernambuco está sempre de braços abertos para receber os turistas. Além da riqueza natural, dispõe de moderna e capacitada rede hoteleira. Sem falar na hospitalidade sem igual do povo pernambucano.

Clima
Pernambuco está inserido na Zona Intertropical, apresentando predominantemente temperaturas altas, podendo variar no quadro climático devido à interferência do relevo e das massas de ar. No Recife, por exemplo, a temperatura média é de 25 ºC, com máxima de 32 ºC. Já em cidades do interior, nos meses de inverno, entre maio e julho, as temperaturas podem baixar consideravelmente, podendo chegar, em alguns locais, até 8 ºC a exemplo de Triunfo e Garanhuns, Sertão e Agreste, respectivamente.

Culinária
O Recife ostenta o título de primeiro polo gastronômico do Nordeste e terceiro do Brasil. Um verdadeiro festival de sabores está à disposição do turista, que pode provar desde a mais deliciosa comida caseira ao mais sofisticado prato da culinária internacional. Segundo estimativa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel-PE), são mais de 1,7 mil bares e restaurantes espalhados pela cidade, gerando 120 mil empregos diretos e indiretos.


Os pratos típicos do Estado refletem a miscigenação de raças, responsável por uma das culinárias mais criativas do Brasil. A diversidade da gastronomia local é capaz de deixar qualquer um com água na boca. Tem sarapatel, buchada, dobradinha, mão de vaca, cozido, chambaril, peixada pernambucana, macaxeira com charque e a tradicional carne de sol.

 

Achou pouco? Para sobremesa tem os deliciosos bolo de rolo, bolo Souza Leão e ainda a Cartola, feita com banana frita, queijo, canela e açúcar. A tapioca do Alto da Sé, em Olinda, dá gosto ao pôr do sol visto de lá. Na praia de Boa de Viagem, a variedade de caldinhos e frutos do mar faz muita gente passar um tempo a mais curtindo a brisa do local.

 

Da herança dos engenhos, na Zona da Mata, vieram os vários tipos de cachaça, fabricados artesanalmente. É também da cana-de-açúcar que se originam a rapadura, o melaço e o delicioso mel de engenho. Este último, quando combinado com o tradicional queijo- coalho, dá origem a uma das iguarias mais cobiçadas da culinária pernambucana.




Realização

Patrocinador


Agência de Turismo

Comercialização

Produção